segunda-feira, 31 de março de 2014

Eu me esqueci...

Eu me esqueci... (via Luiz Marins)
As pessoas se esquecem de coisas absolutamente essenciais e, em seguida, com a maior cara lavada pedem desculpas... “Desculpe. Eu me esqueci...”.
Embora seja verdade que nos esquecemos algumas vezes, o fato é que há pessoas que são literalmente viciadas em esquecer. Esquecem-se de tudo! E o que é pior, acham engraçado ou até bonito “ser esquecido(a)”. “Eu não tenho jeito mesmo, sou muito esquecida, vivo no mundo da lua”, disse-me uma funcionária que fui obrigado a demitir.
Ela tinha “orgulho” de ser esquecida. Ela se achava ‘intelectual” por ser esquecida. Nada mais ridículo! Quem pensa assim deveria ter vergonha e passar a cumprir com seus deveres e compromissos e deixar de ser ridículo(a).
Se você se acha ou se diz “esquecido(a)”, trate de corrigir--se o mais rápido possível. Não espere! Comece a lembrar-se das coisas e verá que as pessoas passarão a respeitá-lo muito mais do que hoje.
Pense nisso. Não esqueça! Sucesso!



Nenhum comentário:

Postar um comentário